BOMBA: “Prefeito Carlos Eduardo sabia dos desvios na Semsur, foi avisado e nada fez”

Resultado de imagem para semsur natal
Arquivo Secom
O BlogdoBG foi procurado na noite desta segunda por um parente de um dos presos da Operação CIDADE LUZ, deflagrada na manhã de ontem pelo Ministério Público para apurar desvios na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos da Prefeitura de Natal.

Segundo o familiar, o próprio servidor procurou o prefeito Carlos Eduardo Alves por duas vezes em 2017 para informar o que vinha acontecendo dentro da secretaria e alertar quanto à ocorrência de desvios de dinheiro, “BG, tanto o prefeito foi avisado pessoalmente por duas vezes este ano como os superiores na Semsur, o esquema era conhecido e quem devia ter tomado atitude acabou fechando os olhos, e quem não fez nada e nem recebeu sequer um real de propina tá pagando”, revelou o parente indiganado.
Como são muito graves as acusações deste familiar, o Blog entrou em contato nas primeiras horas desta terça-feira com o advogado do servidor preso, que ocupava cargo comissionado na Semsur até esta segunda-feira, para confirmar essas informações. Surpreso com os detalhes que passamos, o advogado confirmou as informações, disse que esteve com o cliente ontem por duas vezes onde se encontra detido e que é isso mesmo mas não podia acrescentar informações nesse momento, o advogado ainda disse que já tem conhecimento que negociações de delações já começaram ainda nesta segunda-feira. “Muitas coisas BG estão em segredo de justiça, tem muita coisa sendo investigado, coloque seu ouvido no chão que você vai vê o desmantelo”, finalizou.
Fica a pergunta, se o próprio prefeito tinha conhecimento do esquema como narrou o servidor, todos na secretária tinham conhecimento, porque nenhuma atitude foi tomada para estancar?
Como é impossível que algumas práticas criminosas tenham se repetido ao longo de anos sem que ninguém soubesse ou desconfiasse, uma delação premiada poderá ajudar a desvendar o esquema milionário.
Vamos aguardar.
Fonte: Blog do Bg
Share on Google Plus

About nathan

0 comentários:

Postar um comentário